Festa infantil: doação em vez de presente

Festa infantil – doação ou presente?


9 de agosto de 2013
Uma ideia super bacana que já vem conquistando vários adeptos, até mesmo aqui no Brasil, é a troca dos presentes de aniversário por doações para instituições de caridade. Eu mesma, sou super a favor.

A grande verdade é que, até dois aninhos de idade, mais ou menos, a criança não entende exatamente o significado de todos aqueles brinquedos e roupas que ganhou. Ou seja, para ela, tê-los recebido ou não não fará muita diferença. Já uma doação de algo útil e importante, para uma criança carente ou necessitada, pode até salvar uma vida.O que eu percebo é que a festinha de um aninho acaba sendo muito mais dos pais. E acho super justo que ela exista. Nesse lindo e importante evento, se comemoram as alegrias e dificuldades superadas no primeiro aninho do filhote, e é sempre válido realizar alguma coisinha que registre esse marco, seja uma grande e linda festa ou um bolinho simples em casa. O importante é fazer e registar, guardar para sempre em imagens e no coração. Já a festinha de dois anos começa a se tornar um pouco mais interessante para a criança, pois com nessa idade ela consegue aproveitar a festa e se divertir junto com outras crianças, mas os presentes ainda acabam não dizendo nada para ela.

Por isso, deixo aqui a minha sugestão: se você pensa em um dia fazer uma festinha que, em vez de seu filhote receber presentes você irá solicitar itens para doação, faça isso até o segundo aninho de idade dele. No fim, será ótimo para ambos os lados, já que várias crianças serão beneficiadas com aquilo que precisam e você também não ficará com a casa cheia de coisas que muitas vezes não são sequer usadas.

Outra alternativa, no caso do seu filho já estar maiorzinho, é a negociação de presentes por doação. Fazendo isso, além de vocês ajudarem quem realmente precisa, estarão ensinando valores importantes para os pequenos. E como é que funciona isso? Nesse modelinho, você pode sugerir para a criança que ela abra mão dos presentes de aniversário em troca de uma ou duas coisas que ela realmente queira. Ou seja, na festinha os convidados irão levar itens de primeira necessidade, como fraldas e leite em pó, e em troca dos presentes que a criança abriu mão vocês darão para ela algo que ela realmente deseja. Só que essa estratégia não deve ser imposta. Só faça se realmente o seu filhote entender e concordar com a ideia. Muitas vezes, ele quer mesmo é a festinha ou alguma outra coisa que deseja e não receberá de presente dos convidados, então vocês podem dar isso para ele em troca dos demais presentes que ele viria a ganhar.

Mas como sugerir aos convidados que façam doações em vez de dar presentes para o aniversariante? A forma ideal é incluir no convite uma mensagem como: “Neste ano, nós queremos fazer o bem! Pedimos que o seu presentinho seja trocado pela doação de alguns dos itens abaixo, os quais serão encaminhados para a instituição X”.

Entre os pedidos de doação, os itens mais comuns são leite em pó e fraldas, coisas fáceis de se encontrar e que também não custam tão caro. Ou seja, não gerarão transtorno nenhum para os convidados.

Se preferir, você também pode pedir de presente brinquedos, mas, nesse caso, deixe claro que eles serão doados. Se for essa a sua opção é legal pedir o convidado deixar junto com o presente (no caso doação) uma mensagem para a criança que irá recebê-lo.

E, para finalizar, sugiro que no dia que a doação for feita, você tire fotos registrando o momento e depois as encaminhe para os convidados com uma mensagem de agradecimento. Caso a doação tenha sido um brinquedo, a criança que o recebeu poderá redigir um recadinho de próprio punho agradecendo e aí você encaminha essa mensagem para quem deu o presente (nesse caso, não esqueça de pedir que o convidado identifique seu nome no presente e você não pode esquecer de anotar essas informações para depois ter um controle para enviar as mensagens de agradecimento).

Ah, e último detalhe! Não deixe de levar o aniversariante junto no dia que a entrega das doações for feita. Dessa forma, você ensinará na prática o valor e a importância da generosidade.

Espero que tenham gostado da sugestão.

Beijos e até a próxima.
Kika

Kika Duarte é organizadora profissional de eventos há 12 anos. Entrou nesse mercado, que ela prefere chamar de universo encantado, por conta da sua paixão por balões, bolos, doces e, principalmente, sonhos realizados e sorrisos de satisfação.
Kika também é dona da Auguri Festas e da And Many More e, mais importante de tudo, é mãe da Marcella, uma menininha linda, doce e para lá de esperta de dois aninhos de idade