O que muda no casamento depois que temos filhos

O que muda no casamento depois dos filhos


2 de outubro de 2013
bebê e pais
Imagem: Mamiverse

Há alguns meses, meu marido escreveu um post aqui no blog e nele fez um comentário muito pertinente, que tem tudo a ver com o post de hoje: um casamento, muito pouco muda na vida da gente, mas ter um filho é algo transformacional.

E é mesmo! Quando eu e o Otávio casamos, quase nada mudou nas nossas vidas. Seguíamos saindo com os mesmos amigos, seguíamos tendo nossos programinhas individuais, seguíamos escolhendo o mesmo tipo de viagem de antes e seguíamos promovendo algumas festinhas bem animadas aqui em casa. Só que isso durou pouco. Durou por, exatamente, um ano e dez meses. Durou até o Léo aparecer e ditar uma nova dinâmica às nossas vidas.

Mas, afinal, o que mudou no nosso casamento e que, me arrisco a dizer, muda no de quase todo mundo? (só não digo TODO mundo MESMO porque sempre tem uns abençoados que vão jurar de pés juntos que para eles continua tudo igual. Ah, tá!).

Os programas. Sim, um casamento também é feito dos programas que o casal faz e garanto que esses mudam. E muito. Saímos muito menos à noite, vamos muito menos a restaurantes (íamos bastante), viajamos bem menos que gostaríamos (e selecionamos mais os destinos) e convivemos muito menos com amigos que antes encontrávamos quase todas as semanas. Agora, em vez de sairmos à noite, acabamos vendo um filme em casa; em vez de irmos a restaurantes, cozinhamos por aqui mesmo ou vamos à casa de amigos; em vez de fazermos aquelas viagens com vários destinos, escolhemos apenas um (e muito bem escolhido) e em vez sairmos com vários amigos, encontramos com alguns poucos e que também tem filhos (ok, não tão poucos assim, porque temos muitos amigos com filhos). Pequenas grandes adaptações que acabamos colocando em primeiro lugar o nosso pequeno.

A tolerância. Está aí uma coisa que pode mudar para mais, ou para menos. E tudo depende do momento e da outra parte envolvida. Depois que temos filhos, podemos nos tornar mais tolerantes com nosso companheiro ou companheira, afinal, temos algo maior e muito mais significativo com essa pessoa e não vamos querer que qualquer briguinha possa colocar isso em risco. OU, então, pode acontecer o contrário. A tolerância vai parar lá no dedão do pé, pois a outra parte não ajuda, não colabora, não se envolve, não dá uma mão, não NADA. E aí, não há tolerância que aguente mesmo. E falando sobre a tolerância da mãe (porque afinal, é para elas que esse blog fala), tudo depende do quanto o pai é envolvido e presente. Se for muito (graças a Deus é o meu caso) a tolerância cresce, pois a admiração e o respeito também cresceram. Mas quando esses dois sentimentos desaparecem, aí a tolerância vai para o escambau junto.

O romance. Esse muda. Muda mesmo. No início, muda porque os hormônios nos piram. Depois porque o cansaço nos consome. E com o passar do tempo, porque os filhos estão sempre por ali ou podem aparecer a qualquer momento. Ou seja, dizer que o romance continua igualzinho como era antes, ou é mentira ou é pelo menos bem raro. Na grande parte dos lares, ele dá uma esfriadinha, dá uma sossegadinha e precisa sim ser recuperado. Afinal, quem não gosta de namorar, quem não gosta de se sentir amado, quem não gosta de se sentir querido e desejado? Todo mundo! Ambos os lados. Nós e o maridão. O jeito, nesse caso, é de vez em quando dar uma fugidinha, nem que seja por poucas horinhas (e é aí que os avós entram para dar uma força), para sair da rotina e dar uma animada na relação. Garanto que ajuda e garanto que os filhos sobrevivem. :-)

Sinceramente, acho que poderia me estender aqui por horas, comentando N aspectos que acabam mudando em maior ou menor intensidade com a chegada dos filhos. Mas resolvi me ater só a esses três hoje e voltar ao assunto dentro de algumas semanas. Por isso, deixo aqui um questionamento final: o que mais mudou no casamento de vocês depois que os filhos nasceram? Comentem, escrevam, desabafem. Com certeza, esse assunto dá pano pra manga e ainda será inspiração para muitos outros posts.