O trabalho mais difícil do mundo

O trabalho mais difícil do mundo


16 de Abril de 2014

O pior trabalho do mundoMães, amigas, companheiras de jornada, separem quatro minutos do seu louco e corrido dia, encontrem um lugar confortável em seus lares, sentem-se e assistam ao vídeo abaixo. Vocês vão lavar a alma.

Nesse vídeo, genialmente produzido por uma agência de publicidade americana, foi feita uma das brincadeiras mais sérias que eu já vi. A agência divulgou em jornais e na internet uma suposta vaga de “Diretor(a) de Operações” e depois realizou entrevistas gravadas com os candidatos, justamente para registrar a reação dos mesmos ao ouvirem as exigências requeridas para o cargo.

A vaga, na verdade, descrevia a função de MÃE e todas obrigações que esse “cargo” exige, mas é claro que isso não foi informado na oferta da vaga e nem na entrevista.

Vale a pena ver as expressões de choque e as reações incrédulas dos candidatos ao ouvirem coisas como: você terá que trabalhar de pé a maior parte do tempo (ou o tempo todo); você terá que trabalhar 135 horas por semana; você não terá intervalos; você deverá ser ótimo em negociação; você trabalhará com alguém a quem dará atenção em tempo integral; você irá passar a noite em claro cuidando dessa pessoa; você irá trabalhar em um ambiente caótico; você terá que abrir mão da sua vida pessoal; você não terá mais férias ou feriados; você não receberá remuneração alguma por isso.

Imaginem alguém ouvindo isso numa entrevista de emprego! E, ao mesmo tempo, ouvindo que esse é o trabalho mais importante que se pode executar, mas pelo qual não será remunerado. Pois é exatamente isso que a gente faz. Nós atendemos todas essas demandas, nos viramos nos 30 e damos conta do recado,  e tudo isso pela certeza de que estamos fazendo o trabalho mais lindo, mais importante e mais recompensador que pode existir: o de criar filhos.

Assistam ao vídeo e, como eu disse, lavem a alma. Vale à pena! Eu terminei de assiti-lo chorando.