Para rir um pouco – loucuras e gafes pós maternidade | Macetes de Mãe

Para rir um pouco – loucuras e gafes pós maternidade


17 de dezembro de 2012

Há algum tempo, fiz um comentário lá na Fanpage do Macetes de Mãe contando que a loucura de criar o Léo estava tão grande que naquele dia eu tinha até esquecido de almoçar. Postei isso e perguntei para outras mamães que gafes ou grandes esquecimentos elas também tinham cometido no período pós parto.

Pois foi uma avalanche de comentários, um mais inusitado e engraçado que o outro. Passei uns bons momentos lendo e chorando de rir e isso me fez ter a ideia de compartilhar aqui algumas histórias.O post de hoje é para nós mamães vermos que o caos não está instaurado só nas nossas casas. Tem um batalhão de mulheres aí fora correndo contra o tempo, brigando com a memória e fazendo o que dá para sobreviver com um pouco de sanidade.

Pronta para boas gargalhadas? Aí vamos nós…

PS: um desses relatos é meu. Adivinhe só qual é!

  • Já esqueci de tomar banho. Só me toquei quando fui deitar para dormir e vi que estava com o mesmo pijama da noite passada.
  • Eu fui postar um sedex, meu bebê começou a chorar e acabei fazendo tudo correndo. No dia seguinte, o sedex chegou na minha casa. Perdi 35 reais, mas rendeu muita risada.
  • Atendi o portão sem blusa.
  • Fui ao mercado com a calça do pijama.
  • Sai de casa com o chinelos do meu marido e só percebi quando estava no trabalho.
  • Depois de uma noite mal dormida, acordei e escovei os dentes com Hipóglos Amêndoas. So percebi quando minha boca ja estava toda ” grudada” . Detalhe: até ate hoje nao sei o que o tubo da pomada estava fazendo próximo a minha escova de dentes.
  • No dia da eleição meu sogro me levou para votar e no trajeto encontrei com uma amiga e ela perguntou rapidamente: Cadê a bebê?? Eu estava amamentando e falei: tá aqui!!! Quando percebi estava com o peito de fora! Detalhe: o marido dela viu .
  • Derreti uma mamadeira e sai de casa de pantufa, só percebi quando já estava na rua.
  • Já sai de casa de pantufas, com a roupa do avesso, esqueci de escovar os dentes. Mas a mais nova aconteceu hoje! Foi eu me pegar embalando o carrinho do supermercado.
  • Sempre me pego embalando um neném imaginário no elevador!
  • Saí com a calça do pijama!!! Tava atrasada p deixar o mais velho na escola, troquei a blusa entrei no carro e qdo cheguei na escola passei um sufoco pois não tinha como descer vestida daquele jeito.
  • Vira e mexe saio com o carro e a mochila do mais velho fica na calçada.
  • Eentrei no banho de óculos! Pela terceira vez!!!!
  • Entrei de calcinha e sutian no banho.
  • Muitas vezes eu paro de pé e fico balançando o corpo como se eu estivesse ninando minha filha… Detalhe: SEM ELA NO COLO!
  • Eu subi 5 degraus bem altos com o carrinho de bebê para ir no supermercado e, após todo o esforço e cuidado para não acordar o meu bebê de 7 meses, notei que a porta automática não abria. Só aí me dei conta de que estava no predio ao lado.
  • Já dormi amamentando e acordei segurando o bebê pelo capus do macação faltando pouquinho pra cair no chão.
  • Ja dormi segurando um pão de queijo em cada mão.
  • Fui me despedir na porta do elevador do meu filho mais velho de 2 anos e deixei a recém nascida dentro de berço. Só que bati a porta com a chave dentro e ela ficou sozinha dentro de casa.. Foram 20 minutos de agonia ate o chaveiro arrebentar a porta. Os piores da minha vida!!!
  • Eu fui à igreja com um chinelo em um pé e uma sandália em outro pé, e quem viu a diferença foi minha filha de 2 anos que perguntou assim ¨mãe o aconteceu com a sua sandália tá diferente?
  • Logo que meu filho nasceu fiquei tão baratinada que não sabia mais o que era direita e esquerda. Só que tinha que saber isso para anotar qual o peito eu havia dado por último na última mamada. O jeito foi escrever um D e um E em cima de cada seio. Por sorte voltei ao normal depois de alguns dias.
  • No aniversario do marido da minha prima, um dia desses, na hora do parabéns, ao invés de gritar o nome do aniversariante gritei o nome do meu filho.
  • Aos 3 anos Lua tinha uma amiga invisível, uma galinha azul. Nos mudamos do 13º para o 17º e ela, a galinha, não gostou da ideia. Saimos de madrugada, de camisola, para conversar com Júlia, a galinha. E ela não veio conosco. Lua chorou dias.
  • E para fechar com chave de ouro…. Estava em um jantar fora de casa, durante o jantar a minha bebe chorou e eu fui amamentar em um quarto. Tirei a blusa, que não era de botão. Quando acabou, a coloquei no carrinho e voltei tranqüilamente para a mesa, só que sem blusa. As pessoas olhavam e ninguém teve coragem de avisar na hora. Um pouco depois foi que uma pessoa veio discretamente me avisar. Já era!! Eu cai na risada, afinal, o que eu poderia fazer depois desse mico?