Por que as sonecas são tão importantes e como estabelecê-las

Por que as sonecas são tão importantes e como estabelecê-las


4 de julho de 2014

soneca de bebeMamães, é com imenso prazer que trago para vocês mais uma novidade muito bacana e extremamente útil do Macetes de Mãe. Hoje, tem início aqui no blog, a Coluna Sono e Pós-parto, que será escrita pela consultora de sono materno & infantil e doula pós-parto Marcia Horbacio.

A coluna Sono e Pós-parto será mensal e publicada toda primeira sexta-feira de cada mês.

Espero que vocês aproveitem muito as contribuições da nossa nova colunista (tenho certeza absoluta que sim) e à Márcia eu deixo aqui o meu desejo de muito sucesso!

Por que as sonecas dos bebês são tão importantes e como estabelecê-las

Por Marcia Horbacio

Olá mamães, como estão? Sou uma colabora antiga do blog, pois já contribuí dando dicas através de vários outros textos, mas hoje estou aqui em uma situação especial: escrevendo o primeiro post da coluna Sono e Pós-parto.

Através dela, irei apresentar a vocês dicas e informações importantes e úteis no que diz respeito ao sono de bebês e crianças e, também, aos cuidados no período de pós parto.

Para esse primeiro texto, selecionei um assunto muito importante e que gera muitas dúvidas e angústias nas mamães: as sonecas diurnas, sua utilidade/importância e como estabelecê-las no dia a dia do bebê.

Entender as necessidades de sono diurno do seu filho pode ser mais confuso do que entender as do sono da noite. E isso se torna mais difícil ainda se o seu bebê tiver cólicas e/ou refluxo, porque fica fácil confundir os sinais de sono com os desconfortos abdominais que esses bebês sentem.

É difícil entender os horários que eles sentem sono e também entender porque, ao parecerem exaustos, eles se recusam a dormir. E, ainda, por que quando finalmente dormem, depois de uma hora de colo, acordam em trinta minutos. Isso faz sentido? Nenhum.

O sono do dia não só leva mais tempo para ficar estável do que o sono da noite como também tem uma função diferente da do sono noturno. Até a soneca da manhã tem uma função diferente da soneca da tarde. Na soneca da manhã se percebe mais sono REM, o sono chamado em inglês Rapid Eye Movement, que é estágio do sono em que sonhamos e que está relacionado com o crescimento e a maturação do cérebro, enquanto na soneca da tarde está mais presente o sono Non-Rem, estágio do sono em que ocorre a restauração das energias físicas e emocionais. Agora, você percebe porque o sono da tarde não substitui totalmente o sono da manhã?

Nesse artigo, vou ajúdar você a entender quais as janelas de sono para cada idade (janelas de sono são os intervalos entre períodos de sono ou seja, o tempo que o seu bebê consegue ficar acordado entre os períodos de sono contando dia e noite) e a importância delas para o sucesso de um dia cheio de boas sonecas. Aqui vão as fórmulas do tempo acordado por idade:

0 a 1 mês – Tempo que o bebê consegue ficar acordado = Duração da última hora de sono até no máximo 40 minutos.

Veja o exemplo para entender melhor: O bebê dormiu de manhã das 9:00h às 11:00h. Coloque ele de novo para dormir a próxima soneca às 11:40h. Recém-nascidos raramente ficam acordados mais do que o tempo necessário para mamar e ter a fralda trocada.

1-2 meses – Tempo acordado = Duração da última hora de sono até no máximo 40-60 minutos

Um exemplo para você entender melhor: Um bebê de 2 meses que dormiu 1 hora na soneca anterior consegue ficar acordado depois dessa soneca outros 60 minutos. Mas se a soneca anterior foi de 30 minutos apenas, não insista em deixá-lo acordado pelos mesmos 60 minutos! Coloque na cama 30 minutos depois porque é o mesmo tempo que ele dormiu na soneca anterior. Então, concluindo: Se ele dormiu por exemplo de 9:00h às 9:30h, ele vai ter que ir para a cama de novo às 10:00h.

2-3 meses – Tempo acordado = Duração da última hora de sono até no máximo 60-80 minutos.

De novo um exemplo: Ele dormiu das 9:00 às 10:00. Vai dormir de novo às 11. Se dormir de 9:00 às 9:45, por exemplo, ponha na cama de novo 45 minutos depois.

Nessa idade, se o bebê dormir menos de 45 minutos você deveria tentar esticar a soneca, se preciso embalando, segurando, ninando, etc, para que a soneca dure pelo menos 45 minutos. Mas se não adiantar (como na maioria das vezes acontece), apenas calcule o tempo que ele vai poder ficar acordado pela duraçao da última hora de sono em vez de tempo máximo acordado para a idade dele.

3-4 meses – Tempo acordado = Duração da última hora de sono até 60-90 minutos.

Exemplo: Ele dormiu das 9:00 às 11:00. Deve ir dormir de novo às 12:30. Ele dormiu de 9:00 às 10:00. Deve ir dormir de novo às 11:00.

4-6 meses – Tempo acordado = Duração da última hora de sono até no máximo 1h15min até 1h45min.

Exemplo: Ele dormiu das 9:00 às 10:30. Deveria ir dormir de novo às 12:00.

Sei o que você está pensando: Mas se eu colocar meu bebê de 6 meses para dormir 1:45h minutos depois que ele acordar, ele vai resistir até o ponto de ficar exausto e com certeza isso não vai acontecer, só vai causar mais estresse. Pode ser. Essas orientações não são para todos, elas foram estabelecidas levando em conta pesquisas que foram feitas com essas idades com bebês que dormiam bem durante o dia. Mas pode, realmente, não ser o caso do seu bebê, portanto, o maior indicativo da janela de sono do SEU filho é o comportamento dele. Assim, a minha sugestão é que você combine as duas coisas, a informação acima e o comportamento do bebê, pois isso vai ter dar uma boa idéia do que ELE precisa.

6-8 meses – Os períodos de tempo acordado podem ser mais longos , perto de 2.5h sem que os bebês fiquem super cansados e desde que as sonecas não sejam muito curtas. A primeira soneca do manhã ainda ocorrerá um pouco mais cedo (2 horas) .

8-10 months – Tempo acordado – 2 a 3.5 horas. Normalmente 2h-2.5h são os intervalos entre o primeiro despertar e a primeira soneca, do despertar da primeira soneca para a segunda e da segunda para a terceira. Quando os bebês não dormem mais a terceira soneca, os pais devem adiantar a hora da cama e esse intervalo entre o fim da segunda soneca e a hora da cama não devia passar de 3.5h.

Daí para a frente o intervalo não varia mais tanto, fica na média de 3h-3.5h até a criança chegar na fase dos 13-18 meses quando elimina a soneca da manhã e consegue ficar acordada períodos mais longos.

Além das janelas de sono, o modo como você coloca o seu bebê para dormir influencia na qualidade do sono diurno também. Sei que ás vezes é necessário embalar o seu bebê para dormir (sob pena de não conseguir que ele tire nem uma soneca sequer!) mas deixar ele dormir com balanço o tempo todo pode impedir que a criança transite entre os ciclos de sono mais leves para os ciclos mais profundos. Assim, a dica é: comece um processo lento para mudar isso, reduzindo o balanço à medida que o segura e até que ele durma sendo segurado e não balançado e aí passe para a outra fase que é colocar no berço ou na caminha que você escolheu para o seu filho.

No próximo artigo, vamos falar de como fazer o seu bebê dormir melhor de dia sem usar técnicas de treinamento de sono. Por enquanto, até o próximo artigo, siga as orientações sobre as janelas de sono, sempre levando em conta o comportamento do SEU bebê. Lembre que as janelas mudam constantemente e que quando o bebê muda suas necessidades de sono de dia isso pode influenciar o sono da noite. Se possível, vá trabalhando para reduzir o movimento na hora das sonecas também. Boas sonecas para todos!

Colunistas MdM Marcia- sono. - NOVO 25.08cdr