Por que é importante o bebê arrotar

Por que é importante o bebê arrotar


22 de junho de 2015

Vamos ser sinceras, fazer o bebê arrotar não é uma das tarefas mais divertidas da maternidade. Ainda mais quando estamos no meio da madrugada e loucas para voltar para a cama. Mas fazê-lo arrotar é importante, e mais do que isso, em muitos casos é imprescindível.

O que acontece é que o bebê engole ar quando chora, quando balbucia e, principalmente, quando mama. E ar na barriga é sinônimo de desconforto. Se esse ar não é expelido por meio dos arrotos ele fica na barriga do seu filho até, bem, até passar por todo o sistema digestivo e virar pum. Mas até isso acontecer pode ter muito incômodo, dores, cólicas e choro. E aí, coitadinho, mais ar para a barriga e começa tudo de novo!

Burping
Photo Credit: nateOne via Compfight cc

Fui um pouco dramática aí em cima, mas é que de verdade é isso que se passa com o corpo tão pequenininho do seu filho. E claro que você não vai conseguir que ele elimine todo o ar que engoliu apenas colocando-o para arrotar, mas com certeza o ajudará muito. Agora que já ficou clara a importância desse cuidado, vamos a falar de dicas:

  • Primeiro de tudo: diminua a quantidade de ar que ele ingere. Cheque se ele está pegando direito no bico do seu seio, ajude-o a encaixar a boquinha de um jeito que entre menos ar junto com o leite. Os que usam mamadeira, engolem mais ar, porque por mais anatômico que o bico seja, ele não é tão perfeito quando o mamilo feminino. Então, confira se o bico da mamadeira está em bom estado e se não tem um ao qual ele se adapte melhor
  • Ajuste a posição: tente fazer com que seu filho não mame em uma posição muito horizontal, para evitar que ele engula muito ar
  • Preste atenção enquanto dá de mamar: seu bebê pode dar sinais de que está engolindo ar. Quando ele larga o peito de um jeito mais brusco ou quando faz caretas de dor / desconforto, por exemplo.
  • Sim, espere aqueles minutinhos preciosos – por mais cansada que você esteja na madrugada, por mais atrasada que esteja para fazer alguma coisa, espere. Pode ser que ele não arrote e tudo bem. Vai ser por não ter engolido tanto ar que precisasse ser expelido. Mas se ele arrotar vai ficar muito mais tranquilo e confortável depois.
  • Escolha a posição melhor para vocês – as mais comuns são a de colocar o bebê na posição vertical com a cabeça encostada no seu ombro ou colocá-lo sentadinho na sua perna, segurando o peito com uma mão e acariciando as costas com a outra (veja mais dicas sobre posições aqui)
  • Nada de pânico se voltar leite – é bem comum que, na hora de colocar o bebê para arrotar, volte também um pouquinho do leite que ele mamou, ou seja, é comum ele regurgitar e até mesmo vomitar de vez em quando. Então nada de desespero. Só observe se isso está ocorrendo com muita frequência e intensidade e aí converse com seu pediatra.

Assista também, no canal MdM, o vídeo sobre a importância de colocar o bebê para arrotar.