Por que não é legal a criança sentar em "W"

Por que não é legal a criança sentar em “W”


2 de agosto de 2016

Depois de engatinhar, de ficar semi sentado eis que surge o momento da criança sentar de verdade, sem nenhum tipo de apoio. Aqui em casa isso aconteceu com os meninos por volta dos 7 meses de idade (mas se o seu filho ainda não conseguiu se sentar sozinho fique calma, cada criança tem o seu tempo de evolução).

sentar-em-w

E para nós, adultos que estamos acostumados a sentar, é até engraçado imaginar que ficar nessa posição não é assim tão simples. A criança precisa de muito esforço para conseguir controlar o peso do corpo e, por isso, algumas acabam sentando em W, que é quando eles sentam no chão com as pernas dobradas e os pés posicionados para trás (se você olhar de cima tem o formato certinho da letra W).

sentar em w
Google Images

Confira também: Técnica para ajudar o bebê a se sentar

Caê mesmo, sempre foi superfã dessa posição. Virava e mexia, lá estava ele com as perninhas em W. E você sabe por que os pequenos curtem tanto essa posição? Porque ela traz mais estabilidade para eles. Simples assim!

Porém começa ai uma divisão de opinião – alguns ortopedistas dizem que não existe nada de errado em se sentar assim e outros alertam que é melhor evitar.

Bom, em um primeiro momento não tem realmente problema, até porque as crianças mudam de posição com o tempo. Mas, se ela adotar essa posição com a predileta fique atenta. E quem diz isso é um estudo publicado pelo Jornal Europeu de Pediatra (informação em inglês).

A pesquisa explica que essa posição dá estabilidade para os pequenos, ou seja, eles não precisam se esforçar para se equilibrar e, em contrapartida, deixam de trabalhar o tronco e outros músculos. Por isso, essa posição é tão criticada por alguns especialistas. A longo prazo, sentar em w, segundo o estudo, pode causar os seguintes danos:

– Diminuir a coordenação e equilíbrio

– Interferir no desenvolvimento de ossos e articulações do quadril e também dos joelhos

– Prejudicar o alongamento dos músculos

– Gerar problemas na coluna

– E como a criança não consegue girar o corpo, ela acaba usando a mão direita para pegar objetos que estejam mais perto desse lado e a mão esquerda para o outro lado. A consequência? Ela demora em assumir a mão dominante.

Mas então, o que fazer?

Se a criança for pequena, vale arrumar a perninha, colocando elas para frente ou cruzadas. E, conforme a idade, dá também para mudar o ambiente da brincadeira deixando-as sentadas em cadeirinhas com mesinhas. Para crianças um pouquinho maiores vale ter aquela conversa e explicar que sentar assim machuca as perninhas.

Já em caso de insistência delas na posição sempre vale aquela consulta, para checar se está tudo ok mesmo!