Quantidade e qualidade de sono diurno

Quantidade e qualidade de sono diurno


24 de julho de 2015

Muito se fala sobre o sono noturno das crianças, mas vocês sabiam que o sono diurno é tão importante quanto o noturno? Para que a criança descanse, cresça e se desenvolva, ela não deveria, até certa idade, ficar durante longos períodos acordada durante o dia.

No post de hoje, é sobre isso que a consultora de sono Marcia Horbacio fala. Ela destaca a importância das sonecas diurnas  e descreve as janelas de intervalo de sono, ou seja, períodos acordados, que são aceitáveis para cada faixa etária. Vale a pena conferir e se informar. No final do post, tem ainda uma dica simples para ajudar os pequenos a dormirem de dia. Boa leitura!

sono diurno
Photo Credit: peasap via Compfight cc

Quantidade e qualidade de sono

Por Marcia Horbacio

Olá mamães, nosso post de hoje é sobre qualidade e quantidade de sono dos bebês. Espero que vocês gostem.

Quando nascemos, o nosso sono é polifásico, ou seja, dormimos de noite e de dia, com espaços relativamente curtos entre um período de sono e outro. À medida que a criança cresce, consegue ficar acordada mais tempo, com janelas de sono maiores e passa a dormir mais à noite e menos de dia.

Temos uma necessidade de sono que vai mudando à medida que nos desenvolvemos. Uma criança de até seis meses precisa de uma média de 14 horas de sono por dia, já uma criança de dois anos, vai precisar de uma média de 13 horas por dia. A quantidade de horas que a criança dorme é muito importante, mas é importante lembrar que a qualidade do sono que a criança dorme é muito importante também para o desenvolvimento físico e psicológico da criança. Por vezes, me deparo com famílias que tem uma criança de dois ou três meses e pensam que está tudo bem o bebê não dormir quase nada de dia porque “pelo menos dorme quase a noite toda”. Só que esse pensamento é equivocado e, acredite, não está tudo bem ele, nessa idade, dormir a noite toda e não dormir de dia. O que acontece quando a criança faz isso, na maioria das vezes, é que ela está indo dormir muito cansada à noite e pode não estar transitando tão bem entre ciclos de sono pesado e lento. O ciclo de sono pesado traz mais benefícios para o descanso do corpo físico , enquanto o ciclo de sono leve contribui para a descanso da mente, portanto importante para o aprendizado, o equilíbrio das emoções e várias outras funções muito relevantes para o desenvolvimento da criança.

Não estou dizendo aqui que a duração do sono não seja importante, mas é importante também que seu bebê não fique acordado mais do que deveria na idade dele. Uma criança de até seis meses precisa ir dormir a cada período de 1.5h a 2 horas para ficar bem no fim do dia e não ter aquelas explosões de cansaço que se revelam em choros intermináveis e que, no fim, a gente acaba pensando que é cólica, gases, saudade da mãe, fome, e acaba se revelando um super cansaço que atrapalha muito na hora de dormir.

E para vocês entenderem isso melhor, trago abaixo o tempo ideal que a criança pode ficar acordada em cada idade. Dessa forma, acho que fica mais fácil compreender a necessidade de sono diária.

Janelas de sono diurno (tempo que a criança pode ficar acordada entre uma soneca e outra):

0 a 1 mês – 40 minutos ( geralmente tempo de mamar e trocar fralda)

1-2 meses- 40-60 minutos

2-3 meses – 60-80 minutos.

3-4 meses – 60-90 minutos.

4-6 meses – 1h 15min até 1h 45 min. ( alguns poucos fazem 2 horas)

6-8 meses – Os períodos de tempo acordado devem ser mais longos, perto de 2.5 h sem ficar super cansado, desde que as sonecas não sejam muito curtas. A primeira soneca do manhã ainda ocorrerá um pouco mais cedo (2 horas) .

8-10 months – Tempo acordado – 2 a 3.5 horas. Para as primeiras duas sonecas, o tempo acordado deveria ser 2-2.5h, e o tempo entre a terceira soneca e a hora de ir para a cama à noite de 3h.

FONTE: Escola International Maternity and Parenting Institute, Calilfornia, USA.

Como se vê acima, a soneca da manhã ainda vai acontecer por um tempo e o período mais longo que pode ficar acordado é o último período até a hora da cama. Dos 18 meses até, pelo menos 2.5 anos, a criança devia estar tirando a soneca depois do almoço. Se quiser dormir essa soneca até 4-5 anos , a mãe não devia se apressar em tirar a soneca desde que o sono da noite esteja bom.

Observe as necessidades do seu filho porque mesmo considerando algumas diferenças individuais, não vai ser muito diferente do que está aí acima explicado.

Mas tudo bem quando a criança não dorme de jeito nenhum? É, falar é fácil, mas o que fazer quando se tem um bebê que não dorme nesses intervalos, fica cansado e, no final do dia, chora muito ? O que fazer se ele não dorme as sonecas como esperado?

Não tem fórmula mágica. O sono de dia é mais difícil porque tem luminosidade lá fora, porque a criança aprendeu uma coisa nova e quer praticá-la à exaustão (andar, por exemplo), ou seja, se recusa a dormir, e tem aqueles que realmente até precisam de um pouco menos de sono de dia. No entanto, essas dificuldades podem ser superadas com uma determinação forte da mãe de seguir as janelas de sono por idade (claro, considerando as diferenças de cada um) e levar o bebê para o quarto para o tempo de descanso. Não vai dormir? Pelo menos tem a hora do descanso. Levamos para um quarto mais escuro, se tiver barulho fora podemos usar um rúido branco ( barulhinho de chuva que vocês podem baixar no IPAD) na hora de começar o ritual de sono e PERSERVERAR. Todo dia levar para a hora de descanso. Passou uma hora não dormiu? Tira ele do ambiente de sono, leva para a sala e brinca por uns 15 minutos com alguma coisa que não o agite muito e depois volte para o quarto para tentar mais uma vez.

Outra coisa importante: para os bebês que tem muita dificuldade em dormir, pense se ele está brincando o suficiente, se movimentando e fazendo exercícios. Às vezes, o simples fato de sair mais para a rua e deixar ele observar tudo faz ele se cansar mais. Aqui a questão é: seu bebê se cansa o suficiente para dormir?

O importante é saber que dormir tudo num período só (como no exemplo que dei acima do bebê de dois meses que dorme a noite toda e quase nada de dia) não é ideal para o bebê e cabe à mãe levá-lo para o quarto de dormir e insistir para que o comportamento de sono dele seja o adequado para a sua idade.

Tendo essas janelas de sono em mente e com um pouco de boa vontade e perseverança é possível garantir um sono tranquilo e de qualidade para os pequenos.

 

Saiba quanto um bebê precisa dormir nesse video do Canal Macetes de Mãe: