Sobre

SOBRE O MACETES DE MÃE

Assim que eu engravidei, muita gente veio me dizer que eu devia criar um blog para falar sobre a experiência da maternidade e dar dicas sobre o assunto. Eu já tinha um blog sobre livros, então, blogar não seria algo totalmente estranho para mim.

Mas seria estranho, muito estranho, falar sobre maternidade. Ah isso seria! Como é que eu, uma pessoa que nunca tinha trocado uma fralda na vida, poderia escrever um blog sobre maternidade? Dando dicas do que e como as outras mães deveriam fazer? Toda vez que eu ouvia esse conselho, só pensava: “Que insanidade!”.

Pois bem, o tempo passou e, quando eu estava com 8 meses de gestação, mais ou menos, me peguei pensando no tanto de coisas que eu já havia aprendido sobre a espera de um bebê, no tanto de dicas práticas que eu já tinha para compartilhar, e assim, num belo dia que esqueci a chave do apartamento e fiquei para fora, enquanto esperava meu marido aparecer para abrir a porta pra mim, eu criei o Macetes de Mãe, numa moleskine que se encontrava dentro da minha bolsa.

Isso mesmo, esse blog teve início no papel e não numa tela. Num dia que a minha ansiedade de grávida não me deixou ficar simplesmente parada esperando sem fazer nada.

E assim, nos primeiros meses, eu compartilhei dicas práticas de tudo aquilo que já tinha aprendido até o momento: o que comprar para o bebê, onde comprar, quais as marcas que mais valiam a pena, como lavar e guardar o enxoval do bebê e por aí afora. Só que com a chegada do meu primeiro filho, me vendo com um bebê nos braços, as coisas mudaram. Quer dizer, não exatamente mudaram, mas cresceram, vamos assim dizer.

E o blog, que era para dar dicas e macetes, passou a ser também um confessionário, um espaço onde eu desabafava sobre as dificuldades de ser mãe e encontrava uma forma de fugir da solidão dos primeiros meses da maternidade.

E quando eu vi, assim como meu bebê, o blog estava crescendo, dando seus primeiros passinhos e arrancando de mim suspiros apaixonados.

Meu blog e meu filho completavam um ano quase juntos (o Macetes de Mãe é 2 meses mais velho que o Leo) e o que eu havia planejado era voltar a trabalhar quando o Leo completasse 12 meses. Mas, nesse momento, me vi numa encruzilhada: queria ter minha profissão de volta (eu trabalhava com marketing e comunicação), mas também queria acompanhar o crescimento dos meus filhos. Queria voltar a trabalhar fora, mas se assim fizesse teria que abandonar o blog, que tanto amor me trazia (eu não teria como me dedicar a filho, casa, trabalho e ainda um blog. Não pelo menos da forma que eu queria me dedicar a esse “filho virtual”).

E então, depois de muitas noites mal dormidas pensando e repensando a situação, cheguei a uma conclusão: sou formada em comunicação, amo escrever, sempre quis ter um “negócio próprio”, adoro ajudar outras pessoas, curto compartilhar conhecimento, quero acompanhar o crescimento dos meus filhos de perto, então, por que não transformar o blog no meu trabalho? Com isso, eu iria conciliar tudo que desejava na vida.

E assim o fiz, provando para mim mesma que algo que eu sempre acreditei é uma grande verdade: quando a gente faz o que ama, o universo conspira a nosso favor.

Hoje, vejo o blog Macetes de Mãe como o meu terceiro filho (em 2015 chegou o Caê) e, assim como os meus outros dois pequenos, ele é uma das grandes fontes de alegria e realizações da minha vida.

 

SOBRE MIM:

Sou a Shirley, mãe do Leo e do Caê, Relações Públicas e Publicitária por formação (UFSM), com Pós-graduação em Administração e Organização de Eventos (SENAC) e Master em Marketing (ESPM).

Sou uma daquelas mulheres que as amigas nunca imaginaram mãe e que, agora, se diverte e se apavora com dois pequenos correndo pela casa o dia inteiro.

Também sou sincera, direta, prática, explosiva, comunicativa, apaixonada, passional e com uma boa pitada de humor ácido (seguidores do Snapchat que sabem bem).

Não sei fazer nada pela metade e me entrego de corpo e alma a tudo aquilo que acredito. Assim, vivo a maternidade intensamente, como mãe e também como profissional, através desse blog que se tornou, com muito orgulho, o meu terceiro filho.

 

Para falar comigo, escreva para shirley@macetesdemae.com.

BB8A1384b

 

 

Curta e compartilhe esse post nas redes sociais: