Tire todas suas dúvidas sobre a vacina da gripe 2016

Tire todas suas dúvidas sobre a vacina da gripe 2016


28 de Março de 2016

Pesquisando em sites confiáveis e conversando com alguns profissionais da saúde reuni informações atualizadas sobre as vacinas da gripe e as compartilho com vocês. Espero que ajude a esclarecer as dúvidas que todos nós, pais, temos nesse momento.

vacina gripe 2016

– Há dois tipos de vacina contra a gripe, a TRIVALENTE, que imuniza contra três tipos de vírus (cepas), e a TETRAVALENTE (ou quadrivalente), que imuniza contra quatro tipos de vírus (cepas).

– A trivalente protege contra as cepas H1N1, H3N2 (ambos vírus da Influenza A) e, também contra um tipo de vírus da Influenza B.

– A tetravalente protege contra essas mesmas cepas acima e, ainda, contra um segundo vírus da Influenza B (outra cepa que não é contemplada na vacina TRIVALENTE). (Informações do site da Anvisa)

Assim sendo, ambas as vacinas protegem contra o H1N1, que é um vírus Influenza do tipo A e que vem causando o grande números de casos de gripe registrados atualmente.

– Várias clínicas particulares já tem a vacina TRIVALENTE cepas 2016. Esta vacina pode ser tomada a partir de 6 meses de idade).

– Um número mais reduzido de clínicas particulares também já tem a vacina QUADRIVALENTE cepas 2016, entretanto, esta que está disponível é indicada apenas para crianças acima de 3 anos (Eu explico: essa vacina QUADRIVALENTE é produzida por mais de um laboratório e o laboratório que já está distribuindo os lotes de 2016 produz apenas a vacina que é indicada para a idade de 3 anos ou mais).

– Ao que tudo indica, a vacina QUADRIVALENTE que pode ser dada a partir de 6 meses de idade só será distribuída a partir da metade de abril em diante (e somente na rede privada, pois na pública só é distribuída a TRIVALENTE).

– Nesse caso, o indicado é os pais, nesse momento, vacinarem seus filhos menores de 3 anos com a TRIVALENTE, já que essas crianças não podem tomar a QUADRIVALENTE que está disponível, pois ela não é  adequada para menores de 3 anos. Depois, assim que for distribuída a QUADRIVALENTE na versão que é adequada para menores de 3 anos, os pais poderão, ou mais indicado ainda, deverão fazer a imunização com essa vacina também (respeitando o intervalo mínimo de 30 dias entre elas). (E aqui vocês devem estar se perguntando: “E por que tomar a TRI agora se depois é indicado tomar a QUADRI também?”. Eu explico: Porque, por hora, a criança já vai sendo imunizada contra a H1N1 que é o tipo de gripe mais perigoso no momento.)

– Alguns postos de saúde possuem ainda a TRIVALENTE cepas 2015 de lotes que ainda estão dentro do prazo de validade. Vale a pena procurar, já que, nesse caso, não há custo (desde que faça parte de um dos grupos prioritários: crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, idosos, profissionais da saúde, povos indígenas e pessoas portadoras de doenças crônicas e outras doenças que comprometam a imunidade. Se não fizer parte desses grupos, só buscando a vacina na rede particular mesmo).

– A vacina de gripe é atualizada todos os anos para adequar-se aos vírus circulantes naquela estação e a sua composição é definida pela Organização Mundial da Saúde (OMS). No entanto, a vacina de 2016 não sofreu mudanças em relação ao H1N1 em comparação à do ano passado, por isso, os lotes de 2015 são eficazes contra a H1N1. Já a proteção contra os outros dois vírus da gripe – H3N2 e Influenza B – fica comprometida.

– A população que recebeu a vacina do lote de 2015 deverá se vacinar novamente durante a campanha nacional para garantir também a proteção contra os vírus H3N2 e Influenza B.

–  Segundo o Ministério da Saúde, a campanha de vacinação contra a gripe desse ano acontecerá entre os dias 30 de abril e 20 de maio. Importante: Na rede pública, conforme já informado acima, a vacinação contra influenza é destinada somente a alguns grupos prioritários: crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, idosos, profissionais da saúde, povos indígenas e pessoas portadoras de doenças crônicas e outras doenças que comprometam a imunidade. Ainda, na rede pública, não são distribuídas as vacinas QUADRIVALENTES.

– Depois de tomada a vacina, a pessoa só estará imunizada depois de 3 a 4 semanas, que é o tempo necessário para se criar os anticorpos.

– Crianças menores de 6 meses não podem tomar a vacina contra a gripe. Por isso, é tão importante que as gestantes vacinem-se contra a gripe, pois os anticorpos passam para o bebê.

– Pessoas que tem contato direto com a criança – pais, cuidadores, etc… – também devem ser vacinados para evitar a transmissão. Isso, principalmente, no caso de crianças menores de 6 meses que não podem ser imunizadas ainda.

– É necessário tomar a vacina da gripe todos os anos pois, a imunização só tem validade por um período em torno de 6 a 8 meses e, também, porque o vírus da gripe pode sofrer mutações de um ano para o outro (e a vacina se adequa a essa mudança).

– Pessoas que tem o hábito de se vacinarem contra a gripe regularmente (todos os anos) tem uma proteção melhor do que as pessoas que estão começando a se vacinar agora.

– As vacinas contra a gripe, na rede privada, custam em torno de R$ 100 reais cada dose.

– Minha dica pessoal para você encontrar a vacina da gripe cepas 2016: entrar em contato com as clínicas particulares que você conhece, via telefone, e perguntar. OU pedir dicas para amigas que já vacinaram os filhos. Infelizmente, não há um site, aplicativo ou alternativa similar que traga essa informação atualizada e organizada.

Leia mais sobre esse assunto aqui: Vacina contra a gripe – tire suas dúvidas

Espero ter conseguido esclarecer as principais dúvidas sobre esse assunto. Se alguém quiser contribuir passando alguma informação importante, peço que envie um email para shirley@macetesdemae.com ou deixe um comentário abaixo.