10 dicas para estimular a criança a cozinhar e comer tudo | Macetes de Mãe
estimular a criança a cozinhar e comer

10 dicas para estimular a criança a cozinhar e comer tudo


3 de janeiro de 2019

As férias estão aí e esse é um ótimo período para levar as crianças para a cozinha! Sim, atividades na cozinha ajudam a estimular a criança a cozinhar e comer tudo!!!

Sabemos que muitas crianças dão trabalho para comer. E aí o horário das refeições acaba sendo um momento traumático não só para os filhos, mas também para os pais. Surge o desafio de transformar o momento da refeição numa ocasião divertida. Portanto, nada é mais propício do que levar a criança para a cozinha.

Quando a criança vai para cozinha, tem a oportunidade de aprender sobre os alimentosa, além de descobrir que o ato de comer é algo nutritivo e prazeroso também. Incentivar a criançada a cozinhar é uma forma de estimular a experimentar e comer de tudo.

A chef e nutricoach Eliane Kina, que ministra aulas de culinária para crianças de 5 a 10 anos em uma escola da zona leste, dá 10 dicas para atrair os pequenos para a cozinha. Confira!

10 dicas para estimular a criança a cozinhar e comer tudo

1- Organize tudo antes de chamar a criança para a cozinha e planeje receitas variadas que estimule conhecer novos alimentos todos os dias.

2- Deixe a criança colocar a mão na massa. Mas sob a sua supervisão! Incentive sua participação durante todo o processo da receita. Desta forma, ela sentirá mais valorizada e confiante.

3- Apresente o alimento como se fosse algo único e precioso. Diga, por exemplo: veja como essa manga é bonita, sinta como ela é cheirosa, doce e suculenta! Incentive a criança a usar os 5 sentidos na hora de comer, assim ela vai descobrir novas cores, sabores e aromas.

4- Elogie cada mudança alimentar da criança, por menor que seja. Toda vez que ela experimentar algum alimento novo, diga por exemplo: Que bom que você se permitiu experimentar! Tenho certeza que da próxima vez você vai gostar muito mais!

5 – Mostre que cada alimento tem características diferentes. Explique, por exemplo, que o abacaxi é áspero por fora, mas que é suculento e doce por dentro. Desta forma você quebra pré-conceitos.

Leia também: dicas de comidas gostosas e saudáveis para o lanche das crianças

6- Decore o prato com ervas aromáticas. Para incentivar a criança, cultive uma hortinha em casa ou compre pequenos vasos para cultivar as ervas na varanda do apartamento. Assim você desperta a curiosidade e a vontade de experimentar.

7- Prepare uma bela mesa e desperte o prazer de comer em família. Estudos mostram que uma refeição por dia, feita em família, melhora a autoestima da criança.

8- Mostre que servir o outro é uma forma de amar e que cada ingrediente que ingerimos é um nutriente para o cuidarmos da nossa saúde e que escolhas nutritivas nutrem o corpo e a alma.

9- Incentive a criança a montar sua própria lancheira. Ensine a preparar sanduíches, sucos de frutas, biscoitos e bolos caseiros. Desta forma, a criança naturalmente evitará os produtos industrializados.

10- Mostre que cozinhar é legal e que não dá trabalho se todos da família colaborarem. Mostre que cozinhar não é perigoso e que não é função exclusiva dos adultos. Uma criança que é incentivada a cozinhar em família, normalmente come de tudo e faz melhores escolhas alimentares quando cresce.


Fonte: 
esse post foi produzido inspirado nas informações que recebemos da chef e nutricoach Eliane Kina.

Você já conhece o Canal Macetes de Mãe no Youtube? Ou já segue o Macetes de Mãe no Instagram? Não perca as nossas dicas nessas redes sociais também.