5 dicas para não descuidar da alimentação durante a amamentação | Macetes de Mãe
alimentação durante a amamentação

5 dicas para não descuidar da alimentação durante a amamentação


23 de dezembro de 2018

Sabemos o quanto é difícil nos cuidar com a chegada do bebê. Mas cuidar da alimentação durante a amamentação é fundamental para seguirmos amamentando por mais tempo.

A alimentação correta da mãe, rica e variada, durante o período de amamentação proporciona inúmeros benefícios para ela e para o bebê. Alguns dos benefícios são: perda de peso da mãe, evita cólica no bebê, e o bebê receberá nutrientes essenciais para seu desenvolvimento. Portanto, você não pode deixar de ler o post de hoje!

Veja também: os benefícios da amamentação para a mãe

A Dra. Roseli Ueno, nutricionista e colunista aqui do MdM, compartilha 5 dicas para as mamães não descuidarem da alimentação durante a amamentação. Ela indica ainda o que comer e o que não pode faltar no cardápio da mulher lactante. Confira!

Dicas para não descuidar da alimentação durante a amamentação

A chegada do bebê muda a rotina da família, a mamãe tem o sono “picado”, novo trabalho em casa, tudo é novidade. Entretanto, em meio a tanta novidade e descoberta, ainda assim é muito importante o cuidado com a alimentação diária. Vamos às 5 dicas:

1. Não invente dieta de restrição calórica e de carboidratos para perder peso logo após o nascimento do bebê. Espere pelo menos 6- 8 semanas para moderar a alimentação sob orientação nutricional. Porque nesta fase seu corpo precisa das calorias e nutrientes diversos para produzir adequadamente o leite materno e a perda de peso ganho durante a gestação será um processo natural e gradual. Afinal amamentar queima muitas calorias.

2. Hidrate-se, pois a amamentação fará com que sinta mais sede e precisará tomar mais líquido que o habitual. A água é a principal fonte de hidratação. A média de consumo de água nessa fase é 1,5 – 2,5 litros/dia. Mantenha sempre uma “garrafinha” de água por perto. Pode complementar com outras fontes como sucos de frutas (natural), água de coco, chá sem cafeína (camomila, erva-doce, etc), isotônicos …

Leia também: mais um benefício da amamentação que você não sabia

3. Varie seu cardápio. Inclua sempre verduras, frutas, legumes, grãos, alimentos integrais, carnes magras e boas fontes de carboidratos. Maior variedade de nutrientes, garante boa nutrição para a mãe e o bebê. Coma fracionado 6 refeições/dia – café da manhã, lanche, almoço, lanche, jantar, ceia.

4. Atenção no momento de compra de alimentos refrigerados. Verifique se a temperatura de armazenamento está correta. Pegue sempre os produtos do fundo da geladeira, “frios” peça para serem cortados na hora, congelados verifique se não há formação de gelo nos pacotes (isso indica possível queda de energia e má refrigeração). Afinal a mãe merece ter saúde e não correr riscos desnecessários de contaminação.

5. Se não quer ganhar peso, não compre o que sabe que engorda. Como por exemplo doces, salgadinhos, frituras. Invista na comida feita em casa, pois sabe o que usou para preparar e não irá abusar de óleo, açúcar, sal e molhos prontos. Se ganhou alimentos “engordativos” das visitas, compartilhe, mas não deixe em casa. Lembre: a ocasião faz o ladrão.

Assista também, no Canal Macetes de Mãe no Youtube, 10 benefícios da amamentação que ninguém te conta: