6 dicas para colocar a brincadeira no dia-a-dia e tornar o cotidiano mais leve | Macetes de Mãe
colocar a brincadeira no dia-a-dia

6 dicas para colocar a brincadeira no dia-a-dia e tornar o cotidiano mais leve


13 de abril de 2019

Você sabia que se colocar a brincadeira no dia-a-dia, ajuda a diminuir o estresse e melhora a relação de pais e filhos? É verdade. No entanto, quem é mãe sabe como é complicado equilibrar todos os pratinhos. Crianças precisam de rotina e também de tempo para brincar. Principalmente, com os pais.

Pensando nisso, a Ale e a Grazzi, do blog Tempo Mágico, compartilham conosco nesse post, dicas para colocar a brincadeira no dia-a-dia e tornar o cotidiano mais leve. Parece uma tarefa complicada, mas não é. Gostei de todas as dicas, mas uma particularmente me pareceu essencial. Anote na agenda o tempo para brincar! Faz muito sentido isso. Claro! Se a gente anota todos os compromissos, por que não anotar o compromisso de brincar com o nosso filho?

Adorei!!! Confira abaixo, as outras dicas.

Deixe o cotidiano mais leve com brincadeiras

Apesar de dizerem que “o ano só começa depois do Carnaval”, para quem tem filho, ele já começa com o início das aulas, não é mesmo?

Isso porque é quando dá para a gente ter uma ideia de como realmente será o nosso dia-a-dia: que horas o filho tem que dormir para acordar disposto na manhã seguinte, quanto tempo vamos demorar para levá-los e/ou buscá-los nesta ou naquela nova atividade extracurricular, qual o melhor horário para fazer a lição de casa, etc.

Em resumo: é quando a correria recomeça.

Só que não é porque agora, diferentemente do que normalmente acontece no período de férias, temos uma rotina mais “apertada”, que o tempo para a brincadeira não tenha que ter o seu espaço, especialmente o momento de brincar com nossos filhos.

Não se trata apenas de aproveitar algumas “brechas” na agenda, estou falando de colocar de fato esse momento na sua rotina (AQUI explicamos melhor porque isso é importante)

Por isso, hoje trouxemos 6 dicas que podem te ajudar a inserir o brincar no seu dia-a-dia:

1- Tenha uma rotina!

Ter uma rotina não é ficar “engessado” sempre nas mesmas atividades ou em horários específicos como muitas pessoas pensam. Na verdade significa ter um planejamento do nosso dia. Isso nos permite colocar dentro dele as coisas que são mais importantes para nós.

2- Anote na agenda!

Você não precisa brincar com seu filho todos os dias no mesmo horário e talvez tenha dias que você tenha mais tempo do que outros, não tem problema! O importante é esse momento existir e ter um espaço pré-reservado na agenda para ele, como se fosse uma reunião importante com seu chefe. Isso aumenta muito as chances dele de fato acontecer com regularidade.

3- Determine um horário que seja bom para você e para o seu filho

Sabemos que nem sempre dá para “escolher” muito, especialmente para as mães que trabalham fora de casa. Mas é importante observar em qual momento você e seu filho conseguem se conectar melhor durante a brincadeira. Será depois do banho? Antes ou depois do jantar? Assim as chances de ser um momento prazeroso para ambos é maior e a vontade de brincar nos outros dias também

4- Observe o seu planejamento e faça os ajustes necessários

Ter uma rotina (e isso inclui o momento de brincar) não é algo automático e muitas vezes (na maioria, eu diria) envolve tentativa e erro: você tenta de um jeito e observa se funciona. Se não, você muda até encontrar um planejamento que funciona para você e sua família. Tenha em mente que que isso faz parte do processo, ok? Por isso, não desista!

5- Pense num plano B

Sabemos que imprevistos acontecem e nem sempre a rotina sai como o planejado. Ter um plano B em mente (por exemplo: ficar mais tempo com seu filho antes de dormir) pode te ajudar nesses dias

6- Tenha em mente os seus “porquês”

Ter claro (escreva num papel e pendure na geladeira, se necessário) o porquê você acredita que ter um momento dedicado ao seu filho é importante, o que quer construir na relação de vocês, te ajuda a seguir em frente, a fazer esse momento acontecer apesar do cansaço e frente a tantas outras coisas que aparecem para a gente resolver no dia-a-dia.

Inserir o brincar na rotina não deve ser encarado como “mais uma obrigação a se cumprir”. Mas como uma forma de não deixar essa oportunidade de estarmos mais próximos dos nossos filhos passar, se perder, no meio de tantas coisas que temos que resolver no nosso dia-a-dia.

Além disso, precisamos lembrar que o brincar em si não traz benefícios só para os nossos filhos (para o desenvolvimento e aprendizado físico, cognitivo e emocional deles). Mas para nós também, enquanto adultos, entre outras coisas por deixar a vida mais leve.

Preparadas para brincar?

CONHEÇA MEU LIVRO: “GRÁVIDA E PRÁTICA – UM GUIA SEM RODEIOS PARA A MÃE DE PRIMEIRA VIAGEM”:

PARA COMPRAR O LIVRO, CLIQUE:

Amazon: https://amzn.to/2S6NI8P
Livraria da Travessa: http://bit.ly/2PMLj10
Venda online com entrega em todo o Brasil