9 Dicas para os pais se prepararem emocionalmente para o parto | Macetes de Mãe

9 Dicas para os pais se prepararem emocionalmente para o parto


28 de maio de 2019

Sempre ouvimos muito sobre a preparação da mãe para o parto. Mas para o pai isso também é muito importante e pode fazer toda a diferença no grande dia!

Aqui temos 9 dicas para os papais se prepararem também. Numa livre tradução do site Babble. Curtam em compartilhem com eles!

9 Dicas para os pais se prepararem emocionalmente para o parto

Por Bailey Gaddis

Rapazes! – seu modus operandi durante o nascimento do bebê pode consistir em mais do que chupar balas, tirar umas belas fotos e sentir uma nova vida “escorregar” para a sua mão. As vibrações que você demonstra afetam diretamente o seu bebê e o trabalho de parto da sua esposa até o nascimento. Mostrar um comportamento calmo, confiante e preparado (mesmo que você esteja fingindo!), ajudará a mamãe a assumir ainda mais uma essência de deusa do que um “nasceu, e agora?!”

Veja como trabalhar o seu estado emocional antes do Grande Dia e incluir um significado mais profundo nos tradicionais métodos de preparação para o parto.

1. Exercício de liberação do medo

Às vezes, liberar emoções negativas conversando ou escrevendo não é suficiente – esse sentimento pode precisar ser liberado com esforço físico. Faça uma lista de todos os medos que você tem em torno do nascimento do seu filho. E em todas as áreas da sua vida que o nascimento afetará (que é praticamente tudo). Todos os dias, ou em dias alternados, escolha um medo da lista e faça o exercício. Enquanto corre (ou anda de bicicleta, ou se dedica a qualquer outro exercício de sua escolha), imagine o medo sendo liberado através do suor.

2. Chore

As lágrimas são uma catarse – especialmente para os homens que foram orientados a não chorar. As mães não são as únicas que passam por uma mudança hormonal durante a jornada para a maternidade. Provou-se que os pais também experimentam alguma remodelação hormonal, especificamente um declínio em seus níveis de testosterona. Portanto, reprimir as emoções que acompanham essas mudanças químicas pode fazer com que você acabe experimentando o baby blues pós-parto. Permitir-se realmente sentir o que surge pode ajudar deixar mais leve seu lado emocional. Porque pode ser difícil chorar na frente dos outros, busque um espaço privado e leia ou assista a algo que provoque suas emoções – então deixe fluir.

3. Seja vulnerável com sua esposa

Ser extremamente racional não servirá de nada para sua parceria quando o bebê nascer. Compartilhe seus medos, preocupações e outros pensamentos sobre ser pai com sua parceira, para que você possa desenvolver a paternidade em sincronia com ela. Sabendo, assim, como melhor apoiar um ao outro.

4. Segure um bebê antes do parto

Os bebês intimidam você? Com medo de você acidentalmente “quebrá-los”? Por isso, aprender a segurar um bebê de verdade, de antemão, e perceber que eles não são tão frágeis como você pensava, vai reforçar sua confiança quando chegar a hora de ter seu próprio recém-nascido nas suas mãos.

Leia também: Recuperação Pós-Parto, quais cuidados a mulher deve ter

5. Pratique a preparação do parto

Muitos pré-pais frequenta as aulas de preparação para o parto, mas não praticam as técnicas aprendidas… nunca. Pratique os exercícios de respiração, as afirmações, as posições de nascimento e todas as outras sugestões oferecidas nessas aulas. Fisicamente e mentalmente experimentando as técnicas que sua mulher utilizará durante o parto tornará mais fácil para você oferecer seus esforços.

6. Crie as preferências de nascimento com ela

A co-criação das preferências de nascimento garantirá que você esteja familiarizado com as preferências de sua parceira. Inclusive as preferências da hora de amamentar. Como resultado, explorar todos os detalhes do parto também permitirá que questões e preocupações latentes sejam reveladas e discutidas antes do parto em si.

7. Embale sua bolsa

A bolsa do hospital não é só para mamãe. Você precisará de uma bolsa também. Portanto, separe um tempo para passar lentamente pelo processo de embalar sua bolsa e permitir que ela se conecte fisicamente com as principais mudanças que surgem em seu caminho. Certifique-se de embalar um presente especial ou presente que você pode desfrutar após o nascimento (não esqueça do presente para a mãe!) E se esse item for um charuto, prepare-se para andar a alguns quarteirões de distância do hospital para fumar, e traga uma muda de roupa para trocar de roupa antes de entrar novamente no hospital.

8. Mime-se

Eu sei, eu sei, “Por que papai precisa de mimos? Ele não é o bebê grávido. ” Mas, as vidas de ambos os pais passarão por uma mudança dramática quando o bebê nascer. Saídas para o futebol, noites de garoto fora, e outras “frivolidades” serão recordações distantes quando você tiver um humano novinho em seus braços. Ter tempo para cultivar seus próprios hobbies antes do nascimento o ajudará a se tornar paternal com menos desejo pelo passado.

9. Saiba que tudo pode ir para os lados

Não há quantidade de preparação que possa impedir um ataque do desconhecido. Honre-se por dedicar tempo e belas intenções para preparar um parto ideal para sua família. Sabendo que todos vocês passarão por novas e inesperadas experiências. Além disso, a força emocional que você construiu o ajudará em circunstâncias inesperadas.

Mesmo que você não seja a pessoa a dar à luz, você pode contribuir para o nascimento do seu filho de uma forma profunda, sendo uma fonte sólida de orientação, encorajamento e energia pacífica para sua parceira. Você pode isso, pai.