A bolsa da maternidade | Macetes de Mãe

A bolsa da maternidade


26 de junho de 2012

35 semanas: foi quando atingi esse ponto da gestação que fechei a malinha de maternidade do Léo. Uma malinha compacta, porque tudo de recém nascido é mínimo, mas contendo o essencial para sobrevivermos por dois ou três dias.
Os sites de várias maternidades costumam divulgar uma lista com sugestões de roupas e acessórios a serem levado. Eu segui essa sugestão e ainda peguei algumas dicas com amigas.
Veja abaixo o que eu acho importante não faltar na malinha da maternidade do bebê:
 
O que levar – roupinhas:
  • 6 bodies manga longa
  • 6 culotes
  • 6 macacões
  • 6 pares de meia
  • 4 mantas (duas são cojunto e duas são de cores básicas – bege e branco – para combinar com todas as outras roupinhas)
  • 4 paninhos de boca
  • 4 cueiros/fraldas (esses são usados para colocar no colo de algum visitante que insista em pegar o recém nascido no colo. Considerando a fragilidade da pele do recém nascido, é bom usá-las para protegê-lo de poeira ou produtos químicos)
  • 3 gorrinhos de cores variadas
  •  3 pares de luvas de cores variadas
  • 1 pomada para assadura (algumas maternidades não costumam utilizar, mas você pode preferir que seu bebê já use mesmo ainda não estando assado, para proteger)
  •  1 escovinha de cabelo

Obs.:
A maioria das maternidades não exigem que se leve paninho de boca e cueiros/fraldas, mas isso também foi sugestão de amigas e não custará nada carregar esse itens juntos. Ainda, grande parte delas fornece os itens básicos de higiene que o bebê precisará nos primeiros dias (fralda descartável, álcool, algodão, cotonetes,…) então você não precisará se preocupar com isso. Mas como o prevenido morreu de velho, não custa nada contatar o hospital que você terá o bebê e checar isso com antecedência.
Como organizar:
Separe em saquinhos, de tecido ou de plástico, os kits individuais contendo:  1 body, 1 culote, 1 macacão e 1 par de meia. As mantas deixe separadas para você combinar e usar quando e como quiser.
 
Marque com uma etiqueta adesiva cada um dos pacotinhos, identificando:  kit 1, kit 2, kit 3,… Isso ajudará o papai e as enfermeiras a saberem que conjuntinho você quer que seja vestido logo que o bebê nascer, qual deverá ser colocado na sequência, e assim por adiante.
 
O que mais você não pode esquecer:
  • ·         Documentos pessoais do pai e da mãe: RG, CPF, certidão de casamento*, carteirinha do plano e o que mais a sua maternidade exigir (cheque isso diretamente com eles);
  • ·         Enfeite para a porta do quarto;
  • ·         Lembrancinhas de maternidade;
  • ·         Água, suco, bolachinhas, chocolates e o que mais você for servir (é bom sempre ter algo para oferecer às visitas);
  • ·         Álcool gel, de preferência com válvula pump, para ser mais prático;
  • ·         Câmera fotográfica. Jamais, jamais, jamais esqueça isso!!!!

*Alguns hospitais possuem um serviço de cartório durante algumas horas do dia e este serviço exige a certidão de casamento dos pais para registrar o bebê. Se sua maternidade possuir esse serviço e não tiver custo adicional, aproveite. É muito mais prático que fazer o papai correr atrás de um cartório para registrar o pimpolho. Nessas horas, o que se quer é curtir o filhote.
 
VEJA OPÇÕES DE BOLSAS DE MATERNIDADE:
Imagem: Iroma Baby
 
Imagem: www.tofustudio.com.br
 
Imagem: Lilica Ripilica
 
Imagem: Iroma Baby
 
 
Imagem: joaoemariaenxoval.com.br
 
 
SAIBA MAIS: