Dica de decoração para ajudar na hora do sono – Quarto escuro!

Dica de decoração para ajudar na hora do sono – Quarto escuro!


6 de março de 2015

Nós, pais, fazemos de tudo para ajudar na hora do sono das crianças, não é mesmo? Pois você sabiam que a decoração do quarto do bebê pode ter uma influência sobre isso também? Pois é, foi o que descobri lendo o texto do post de hoje, da coluna Arquitetura e Decoração, escrito pela arquiteta Michelle Mariotto.

Nesse post, ela comenta como alguns cuidados na decoração do quarto da criança podem influenciar na hora do descanso dos pequenos. Medidas simples e bem bacanas, e que além de úteis tem um resultado visual incrível. Vale a pena conferir.

decoracao que ajuda na hora do sono

Dicas de decoração para ajudar na hora do sono – Quarto escuro!

Por Michelle Mariotto

Oi, mamães, tudo bem?

Feliz a mãe que não sabe o que é um bebê acordando a noite toda e querendo atenção.

Eu sei bem o que é isso. Afinal, após 26 meses de maternidade, já nem me lembro o que é uma noite de sono ininterrupta. Confesso até que fico desconfiada quando alguma mamãe tranquilamente me afirma que seu bebê dorme a noite toda, como um anjo, desde o primeiro mês de vida. Será que isso existe mesmo?

Devaneios à parte… Na tentativa de resolver – ou, pelo menos, melhorar – minha condição lastimável de privação de sono (sou daquelas que simplesmente não funcionava após uma única noite de sono mal dormida, imaginem a situação!), há cerca de um ano me inscrevi numa Oficina do Sono do Bebê, orquestrada pela também colunista do MdM e Consultora do Sono, Márcia Horbácio. O bate papo foi ótimo, ela nos contou um pouco da sua experiência na área e nos brindou com muitas dicas úteis. Mas uma delas me chamou muito a atenção! Não só como mãe, mas também como profissional.

Baseada no fato de que a grande maioria das pessoas precisa de escuridão para ter uma boa noite de sono, ela sugere que as paredes do quarto do bebê sejam escuras! Faz todo o sentido, visto que superfícies claras refletem as ondas luminosas, enquanto as escuras absorvem as mesmas. Sendo assim, um quarto com paredes escuras é garantia de pouca (se não nenhuma!) luminosidade.

Nesse ponto, imagino como seria a aceitação desse truquezinho pelas mamães brasileiras. Como trabalho diretamente com isso, estou careca de saber que nossa cultura é de quartos de bebês clarinhos, fofos, iluminados. Daí a pintar as paredes de preto… Como seria a aceitação?

Confesso que fiquei bem tentada a experimentar, mas acabei renunciando à ideia só de pensar em obras, por menores que fossem, com um bebê em casa. Sem contar que o quarto do meu pequeno ficou exatamente como eu imaginava e seria muita loucura reformá-lo a essa altura do campeonato.

Mas certamente optaria por essa decisão no projeto de um quarto para um segundo filho, sabiam? Principalmente depois de ver fotos e mais fotos de referência de quartos lindos com pretas.

E é justamente esse o propósito desse post! Dividir com vocês opções bacanas para o emprego dessa preciosa dica. Com algumas fotos de quartos que eu considero lindos, charmosos, modernos e/ou super cool!

image003

Essa foto esteve num dos meus posts (link: http://www.bettys.com.br/crianca/modern-babies/#post-bettys), já antiguinho, sobre quartos de bebês, no Bettys. E quase três anos depois, esse ainda é um dos quartos de bebê mais impressionantes que já vi. Acho lindo demais!

Minhas dicas práticas para o uso eficiente do preto nas paredes são:

– Abusar de mobiliário e detalhes coloridos, alegres, luminosos e/ou brancos na composição;

image028

image029

image030

image008

image009

image010

image011

image012

image031

 

– Para quartos de meninas, mesclar com alguma informação bem girlie, como papel de parede floral, múltiplos pontos de cor de rosa e/ou padronagens mais orgânicas e sinuosas;

image015

image032

image018

image033

– A fim de deixar a atmosfera mais lúdica, pode-se optar pelas paredes escuras em tinta-lousa. Elas são versatilidade e diversão certeiras!

image021

image034

image024

image025

Fato é que é preciso muita personalidade para “segurar” um quarto como esses. Me contem, mamães, o que acham da ideia? Quem encara?

 

Fotos: Reprodução

Colunistas MdM - Michelle  -  decoracao 02.03