O que é Episiotomia, quando é necessário e como fica a vida sexual | Macetes de Mãe
O que é Episiotomia

O que é Episiotomia, quando é necessário e como fica a vida sexual


3 de março de 2019

A Episiotomia é um corte entre a vagina e o ânus que supostamente facilita a saída do bebê. Mas será que ela é necessária sempre? O que pode causar nessa região? Sobretudo, como afeta a vida da mulher? Dizem até que esse procedimento pode prejudicar a relação sexual. No post de hoje, você entende o que é episiotomia e qual é a real necessidade dela.

Quem ajuda a esclarecer as questões sobre esse assunto, é o Dr. Alfonso, ginecologista e obstetra e nosso colunista aqui no MdM. Confira!!!

Saiba o que é Episiotomia e quando é necessário ou não

Com o objetivo de facilitar a saída do bebê na hora do parto, a episiotomia – corte entre a vagina e o ânus é uma cirurgia que dividem especialistas e gestantes. A episiotomia é um procedimento que já é muito feito como rotina. Mas, com o passar dos anos, as mulheres e médicos passaram a se questionar se fazer a episiotomia é realmente necessário. Afinal de contas, como todo corte, esse é um procedimento que exige cuidados com a recuperação. Pode causar incômodo e complicações. Se você quer saber mais sobre a episiotomia, em quais casos ela é necessária e o que pode acontecer depois da cirurgia, este artigo é para você.

Episiotomia: recomendação médica e real necessidade

Por ser uma intervenção delicada, episiotomia hoje é recomendada só em casos de necessidade. Na prática, o corte é rápido, com necessidade de anestesia e costurado após a placenta sair. Mas a recuperação da episiotomia exige atenção!!! E por isto, a avaliação desta cirurgia deve ser feita junto com o obstetra.

Geralmente a episiotomia é recomendada em alguns casos muito específicos. Um deles é quando há sofrimento fetal e o corte da episiotomia facilita a abertura do canal vaginal para a passagem do bebê. Se o bebê estiver sentado dentro do útero, a episiotomia também pode ser uma opção ou se a mãe corre o risco de um rasgo grave. No entanto, apesar destas situações, é preciso ter bastante cuidado quando a possibilidade da episiotomia é cogitada.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a indicação é que essas cirurgias não ultrapassem a taxa de 10% dos nascimentos. Apesar disso, a episiotomia sem necessidade ainda e realizada. No Brasil mesmo, cerca de 53% das mulheres com parto vaginal acabam fazendo a cirurgia, como aponta a pesquisa Nascer no Brasil da Fiocruz. Na prática, a episiotomia aumenta o risco de infecções na região da cirurgia. Além de edemas, dor perineal e dor durante o ato sexual. Ou seja, converse com seu médico sobre suas melhores opções e tire todas as dúvidas antes de fazer uma cirurgia como esta.

Como funciona a recuperação da episiotomia?

Como toda cirurgia, a episiotomia é um procedimento que pode causar dor, sensibilidade extrema e risco de infecções. Se você passou por uma episiotomia recentemente, é importante cuidar da limpeza da região. Por isso, use absorventes sanitários e troque-os com frequência, faça compressas geladas na região, use água morna para aliviar a dor ao urinar e até almofadas especiais para sentar é uma boa ideia.

Após a episiotomia é comum que algumas mulheres sofram com incontinência temporária na urina ou nas fezes. E além dos pontos externos, a região da cirurgia pode ficar dolorida por dentro. Ou seja, a episiotomia exige vários cuidados e atenção pela fragilidade da região íntima. Em caso de dúvidas, inchaços, dores e outros problemas, comunique seu médico. E se for necessário use spray anestésico na região.

Como fica a vida sexual depois da episiotomia?

Além do desconforto, a episiotomia também pode afetar a vida sexual da mulher. Isso porque o corte na região acaba lesionando o chamado músculo bulbo esponjoso, que afeta a contração vaginal, ereção do clitóris e secreção das glândulas durante o ato. Esse é mais um motivo  para conversar com o médico se você não vê necessidade no procedimento antes do parto.

Conheça meu livro: “Grávida e Prática – Um guia sem rodeios para a mãe de primeira viagem”:

PARA COMPRAR O LIVRO, CLIQUE:

Amazon: https://amzn.to/2S6NI8P
Livraria da Travessa: http://bit.ly/2PMLj10
Venda online com entrega em todo o Brasil.