O que é plano de parto e como funciona? | Macetes de Mãe

O que é plano de parto e como funciona?


12 de maio de 2019

Hoje em dia é muito comum ouvir falar de plano de parto. Mas existem muitas dúvidas sobre o que é plano de parto e quais são os benefícios de se ter um. O plano de parto é uma carta onde a grávida relaciona tudo o que gostaria ou não que acontecesse em seu parto. Pensando em esclarecer esse assunto, o Dr. Alfonso Araújo, médico ginecologista e obstetra, colunista aqui do blog, fez um texto sobre o tema.

O que é Plano de Parto e como funciona

A gestação é um momento lindo na vida de uma mulher. Contudo, muitas mamães acabam não tendo uma experiência de parto boa por diferentes motivos. E é justamente nisso que o plano de parto pode ajudar.

Ele nada mais é do que um documento que servirá de guia para a equipe do hospital. Nele, estarão todas as orientações da gestante sobre como ela deseja receber a assistência médica e hospitalar para ela mesma e para o bebê.

Inclusive, a própria Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que as gestantes façam um plano de parto, para garantir a melhor experiência de nascimento.

O plano de parto é um guia que será construído ao longo do pré-natal. Através de conversas com o obstetra responsável pelo pré-natal, bem como com a equipe do hospital a gestante poderá entender a rotina desse tipo de procedimento.

Além disso, é durante esse processo de desenvolvimento do documento que o médico e a mãe poderão determinar possíveis intervenções, caso seja necessário.

Esse guia tem tanta relevância que muitas maternidades públicas exigem a apresentação dele e protocolam junto à pasta da gestante.

Benefícios do plano de parto

O plano de parto traz uma série de benefícios não só para a gestante, mas também para o bebê e até mesmo para a equipe médica que prestará assistência durante esse momento. Entre eles estão:

  • Garantia de que os direitos e desejos da gestante sejam respeitados;
  • Serve como um guia para a equipe médica realizar o procedimento conforme as vontades da mãe e as recomendações médicas do obstetra responsável pelo pré-natal dela;
  • Ajuda a desenvolver o relacionamento entre os pais e a equipe que ficará responsável pelo nascimento do bebê, através de conversas para desenvolver o guia;
  • Traz mais segurança para o procedimento;
  • Ajuda a mãe a ter mais segurança e tranquilidade.

Como fazer o plano de parto?

Você mesma pode fazer o seu plano de parto. Para isso existem vários modelos prontos na internet que você precisa preencher.Contudo, é importante se certificar que algumas informações estejam presentes nesse documento. São elas:

  • Local da maternidade que ocorrerá o parto;
  • Nome do acompanhante do processo (esse é um direito de todas as gestantes que é garantido por lei);
  • Caso haja doula, identificação da mesma;
  • Posicionamento em relação as principais interversões que podem acontecer durante um parto ou após ele, tais como enema (lavagem intestinal), tricotomia (raspagem dos pelos), uso de anestesia, uso de soro com ocitocina ou outros hormônios de indução, corte de períneo, contato pele e pele, banho no bebê entre outros.

Esse documento não precisa ser reconhecido em cartório. Contudo, é fundamental que você entregue uma segunda via para a maternidade e peça para que ela seja protocolada.

Com o plano de parto, você poderá garantir esse momento tão especial ocorra da maneira que realmente deseja.

CONHEÇA MEU LIVRO: “GRÁVIDA E PRÁTICA – UM GUIA SEM RODEIOS PARA A MÃE DE PRIMEIRA VIAGEM”:

PARA COMPRAR O LIVRO, CLIQUE:

Amazon: https://amzn.to/2S6NI8P
Livraria da Travessa: http://bit.ly/2PMLj10
Venda online com entrega em todo o Brasil