Os benefícios da amamentação para a mãe (que quase ninguém fala)

Os benefícios da amamentação para a mãe (que quase ninguém fala)


1 de julho de 2015

Todo mundo está cansado de saber que a amamentação traz inúmeros benefícios para o bebê, mas vocês sabiam que essa experiência também traz muitas coisas boas para a mamãe? Sim, se comenta muito sobre a criação de vínculo entre mãe e filho, sobre o bebê adquirir anticorpos e ficar mais forte e saudável, sobre ser o alimento mais rico para a criança, mas tem um tantão de outra coisa bacana que pouca gente comenta e é sobre isso que vou falar hoje.

amamentacao 5
Photo Credit: Daisee Pics Photography via Compfight cc

Os benefícios da amamentação para a mãe:

Amamentar emagrece: sim, amamentar faz com que a mãe volte para o seu peso normal em menos tempo (faz com que ela perca até 800 calorias por dia, só por estar amamentando). O que é ótimo. Ou alguém duvida disso?

Amamentar faz a mãe perder a barriga mais cedo: as contrações do útero, desencadeadas pela ocitocina, que é produzida durante a amamentação e faz os seios ejetarem o leite,  fazem com que o ele volte para o seu tamanho original em menos tempo deixando a barriga da mamãe em forma mais rápido.

Amamentar faz a mãe se acalmar e relaxar: aqui entra a ocitocina novamente. Esse hormônio, conhecido como o hormônio do amor, é produzido durante a amamentação e faz com que a mãe se sinta melhor, mais relaxada e calma.

Amamentar ajuda a evitar o câncer de mama: vocês sabiam que mulheres que amamentam por, pelo menos, 6 meses ou mais tem menos chance de desenvolver câncer de mama? Sim, isso é mais um dos ótimos benefícios da amamentação. (Fonte: Journal of the National Cancer Institute).

Amamentar protege a mãe contra doenças cardiovasculares: segundo um estudo realizado pela Universidade de Pittsburgh mães que amamentam tem menos chances de desenvolver doenças cardiovasculares. Ótima notícia, não?

Amamentar ajuda a evitar o câncer de ovário: além da mama, o ovário também está mais protegido em mulheres que amamentam.

Amamentar faz com que a mãe tenha menos chance de hemorragia e anemia: a amamentação ajuda no desprendimento da placenta, o que faz com que a mãe tenha menos sangramento e assim evita hemorragias e anemia.

Amamentar diminui o risco de diabetes tipo 2: quanto mais a mãe amamentar, menos risco ela terá de desenvolver diabetes do tipo 2.

Amamentar serve como método anticoncepcional natural: a sucção do bebê aumenta os níveis de prolactina e esse hormônio ajuda a inibir a ovulação, reduzindo a probabilidade da mulher engravidar (atenção: mas, não confie apenas nisso como forma de evitar uma gravidez. Converse com seu GO sobre métodos anticoncepcionais).

Amamentar leva a menos faltas no trabalho: como os bebês amamentados tendem a ser mais saudáveis, há chances de ficarem menos doente e da mãe faltar menos no trabalho.

Amamentar poupa tempo, dinheiro e energia: como o leite está ali, sempre disponível e pronto, a mãe não perde tempo preparando mamadeiras e nem gasta dinheiro comprando fórmulas. Excelente!

>>>Confira, nesse vídeo, 10 dicas para aumentar a produção de leite: