Você já ouviu falar em Coaching para pais? | Macetes de Mãe
Coaching para pais

Você já ouviu falar em Coaching para pais?


29 de setembro de 2018

Atualmente, ouve-se muito falar em coaching. Existe coaching para todas as áreas, inclusive familiar. Eles são conhecidos como coaching parental ou coaching para pais. E contribuem para que pais e filhos tenham uma relação saudável e harmoniosa. De forma colaborativa, o profissional trabalha junto aos pais para criar soluções e alternativas para tratar os desafios da maternidade. Mas para falar melhor desse assunto, nada melhor que um especialista, não é mesmo?

Por isso, no post de hoje, nossa colunista, a psicóloga Bruna Moreira, especialista em Neuropsicologia, explica o papel do coaching para pais e quais os benefícios de ter um. Confira!

Qual é o papel do coaching para pais

Educar não é uma tarefa simples. Os filhos não trazem manual de instruções e por isso não há receitas ou uma instrução única para todas as situações e problemas. Como tal, educar os filhos é lidar com os desafios do seu desenvolvimento sendo uma tarefa complexa para pais e para mães, que se sentem frequentemente sozinhos e sem respostas sobre quais as estratégias podem utilizar para lidar com as diferentes situações que se deparam na relação com os seus filhos. Conciliar vida familiar e vida profissional é exaustivo. Coaching traduzindo significa treinamento.

Nem sempre sabem se determinado comportamento é característico da fase de desenvolvimento da criança. Se passará ou se é problemático. Como parar uma birra que é diária, a indisciplina ou como lidar com uma reação inesperada, um desafio dos limites ou uma oposição severa às regras estabelecidas pelos pais. Cada vez mais casais estão dando prioridades à carreira e estabilidade financeira. E optando por terem filhos um pouco mais tarde.

Com a chegada de uma criança, a família então, antes formada apenas pelo casal, vê toda a rotina alterada. Infelizmente, os pais estão educando em intervalos de tempo cada vez menores, transferindo essa responsabilidade para as instituições de ensino, vovós, babás. Muitas vezes, cansados da rotina diária, não percebem sequer as mudanças que ocorrem com suas crianças e com seus adolescentes, suas percepções, suas ansiedades, seus medos e opiniões… não percebem o crescimento deles e o papel que as emoções têm em suas vidas. E o quanto isso irá influenciar em seu bem-estar e felicidade. E, principalmente, em sua qualidade de vida.

Coaching para pais ou coaching parental

O coaching parental chegou para lhe ajudar! Pois trabalha no presente em direção ao futuro de forma propositiva para apoiar o cliente no alcance de suas metas, tendo sempre o foco na solução e no positivo, com ações práticas na busca de resultados rápidos, reorganizando sua rotina, e trazendo mais qualidade de vida familiar.

Neste contexto, a participação dos pais é fundamental para marcar uma infância bem sucedida e uma adolescência serena, rica em modelos positivos e construtivos que serão utilizados durante toda a vida. As crianças de hoje, serão os adultos do futuro, será que essas estão sendo bem preparadas para o mundo?

O Coaching Parental é uma especialidade do life coaching. E destina-se a todos os pais e a todos aqueles que educam ou têm um papel importante no acompanhamento dos seus filhos. O coaching é especialmente importante quando os pais não estão prontos a ser capazes de lidar com os seus filhos. Embora seja uma ferramenta útil para todos os que educam, no sentido de se beneficiarem de estratégias úteis de forma preventiva, estando preparados previamente para possíveis situações e comportamentos problemáticos.

Este processo poderá ser uma ferramenta que lhes permita evitar certos problemas no crescimento dos seus filhos e, além disso, na interação com os mesmos. É um contributo para um futuro dos filhos mais saudável. E para uma interação pais e filhos mais felizes, base essencial para o desenvolvimento equilibrado de todos.

Veja também: 7 dicas para ajudar mães, depois da chegada dos filhos

É particularmente útil onde existe estresse na relação, dificuldade em lidar com problemas na rotina familiar, perturbações nos comportamentos familiares, desmotivação escolar, desorientação dos pais, dúvidas quanto à responsabilidade de papéis na família, rigidez do sistema educativo familiar, falta de comunicação, necessidade de orientação para as questões diárias que envolvem os filhos; enfim, em muitos outros contextos que envolvem o bem-estar familiar.

Através de Sessões de Coaching, pais e mães irão descobrir soluções e estratégias para os pequenos e grandes desafios com que se deparam na educação dos seus filhos, encontrando novas alternativas para lidar de forma positiva com as situações mais angustiantes e difíceis do seu cotidiano, encontrando o equilíbrio na relação e comunicação. Um momento exclusivo para um diálogo aberto e descontraído; a oportunidade de reavaliar conceitos e modelos de pensamentos, tirar dúvidas e compartilhar experiências e conhecimentos.

Seja o Coach do seu filho!

Traduzindo: Seja o treinador de seu filho!

Quais os benefícios dos pais que fazem coaching?

  • Educar pelo exemplo;
  • Desenvolver sua inteligência emocional;
  • Autoconhecimento, aprenda a entender a si mesmo;
  • Reorganiza sua rotina, conciliando profissional/pessoal;
  • Ampliar a sua visão para infância e adolescência;
  • Descobrir novas pontes de comunicação com seus filhos;
  • Repensar as atitudes de afetividade x limites;
  • Desenvolver recursos pessoais adormecidos;
  • Estreitar relacionamento entre pais e filhos;
  • Promover na criança a percepção por escolhas conscientes;
  • Preparar os filhos para o futuro que a eles pertence;
  • Identificar zonas de conflitos e aprender a solucioná-los;
  • Reavaliar conceitos sobre autoridade, educação e liderança;
  • Alterar algumas das suas perspectivas que o/a limitam enquanto pai/mãe;
  • Sentir-se mais aberto aos novos modelos de pensamentos;
  • Questionar medos, dúvidas e inseguranças que impedem de abrir mão de paradigmas desatualizados e entender a razão de ser dos novos paradigmas e valores;

Muitos pais e mães vivem com a ideia que é simples e fácil educar uma criança.  Na maioria dos casos, assim que percebem que o processo não passa por encontrar culpados ou atribuir falhas, mas sim ajudá-los a desenvolver práticas mais adequadas. E, ao sentirem que são capazes, costumam inclusivamente partilhar que gostariam de ter vindo procurar ajuda há mais tempo.

Não se julgue ao falhar na educação do seu filho, não se culpe por muitas vezes sentir-se perdido. Você tem o direito de errar, de superproteger ou de acreditar que a sua forma de educar é a correta. Você não é o único ser humano a passar por isso, os filhos não vem com manual de instruções, por isso diariamente os pais devem aprender algo novo, aprender novas atitudes, trabalhar o autoconhecimento para ter certeza que está no caminho certo e que as chances de ter um filho bem sucedido emocionalmente só tendem a crescer a cada dia. Sempre que necessário procure recursos que irão acrescentar positivamente em sua vida.