Sono de gêmeos - o que você precisa saber | Macetes de Mãe
sono dos gêmeos

Sono de gêmeos – o que você precisa saber


10 de novembro de 2018

Uma das maiores dificuldades de toda família é em relação ao sono do bebê. E, por conta disso, eu sempre me pego pensando no sono de gêmeos, das famílias que tem mais de um bebê de uma vez. Como fazer dois bebês dormirem ao mesmo tempo? É melhor colocá-los para dormirem no mesmo berço ou separado? Quem atender primeiro quando um deles chorar? Parece-me um desafio e tanto!

E porque eu sempre recebo contato de leitoras pedindo ajuda com sono dos gêmeos, pedi ajuda para a nossa colunista e consultora de sono, Marcia Hobarcio, para esclarecer algumas dúvidas. A Marcia é especialista em sono materno-infantil e, ao ler esse texto dela, a impressão que tive é  parece não ser tão difícil organizar o sono de gêmeos. Claro, não é fácil, requer planejamento, rotina e acima de tudo, muita paciência. Mas é possível sim.

Enfim, confira essas dicas e compartilhe com as amigas mães de gêmeos. ;)

Cuidando do seu sono e o sono dos gêmeos

Apesar de não ser mãe de gêmeos, eu tive quatro filhos. Se essa fosse toda minha experiência com crianças, com certeza eu não devia estar aqui falando para vocês sobre o sono deles. Mas como doula pós-parto eu me especializei e cuidei por nove anos só de gêmeos e trigêmeos nos primeiros 5 dias de vida. Era essa a minha função, ajudar a nova mãe a amamentar dois ao mesmo tempo! Além de organizar a casa de forma que ficasse preparada para dois nenéns ao invés de um só. Enfim, ajudar na primeira semana pós-parto e nos dias no hospital. Foram esses nove anos como doula para gêmeos, e claro, minha prática como consultora de sono, que me permitiram estar aqui falando para as mamães um pouco do que aprendi com essas famílias.
A vocês, mamães de gêmeos, todo meu amor e admiração. Cuidar do sono de dois bebês ao mesmo tempo é uma tarefa árdua. É, eu sei, uma benção em dobro, alegria sem fim, mas vamos ser honestas: é exaustivo! Agora, se além do trabalho normal com eles, se os bebês não dormem bem, pode virar caso de insanidade, não é? É bom lembrar que nenhuma receita serve para todas as famílias, mas alguns conselhos podem realmente ajudar.

Veja abaixo as dez dicas de ouro para cuidar bem do sono de seus bebês.

1) Bebês que dormem no mesmo quarto acabam se acostumando com o barulho do outro, mas isso pode levar um tempo. Então, um grande aliado é o barulho branco. O barulho branco, ou ruído branco como muitos conhecem, é aquele barulhinho de chuva, ou de batimento cardíaco, de aspirador de pó, etc. Os barulhos que podem ficar ligados durante o sono e que abafam os barulhos externos, bem como relaxam mais para dormir. Você pode baixar no celular ou comprar uma das máquinas de ruído branco se tiver alguém que vá viajar para a América do Norte. Aqui no Canadá máquina de ruído branco faz parte do chá do bebê. Uma coisa importante é que se você for usar a noite toda, cuide para que você consiga medir os decibéis e que eles não ultrapassem 50 – uma medida segura para o ouvido humano. Uma forma de medir o som é usando um aplicativo que mede decibéis, como o NIOSH Sound Level Meter, que serve para iPhone, e o SOUND METER que serve para Android. Ambos são gratuitos.
2) Se os bebês dividem o mesmo quarto, considere separá-los só para sonecas. O sono durante o dia é normalmente mais difícil do que a noite por várias razões: a luz natural do dia, a excitação para brincar, o fato de querer ficar na companhia da mamãe e até mesmo pelos barulhos que existem durante o dia que não existem a noite. Somado ao fato de que há um outro bebê bem pertinho, é mais fácil para os irmãos se distraírem e resolverem brincar ao invés de tirar a tão necessária soneca.
3) Acorde um para mamar se o outro acordou, assim, você os mantém nos mesmos horários. Bebês que se alimentam nos mesmos horários tendem a ficar sonolentos nos mesmos horários também.
4) Ache um grupo de mães de gêmeos nem que seja online. Ouvir de outras mães que elas estão passando pelas mesmas dificuldades vai acalmar seu coração e além de tudo você pode aprender muito com elas.
5) Escolha roupinhas com zíper ao invés de botões. Cada segundo conta quando você tem dois para colocar na cama.
6) Quando os dois estiverem chorando de sono, conforte o mais calminho primeiro. Dessa forma você evita ter dois bebês gritando. Você vai conseguir acalmar o bebê menos nervoso primeiro e só vai lidar com o mais chorão.
7) Use muito o chão para sentar e colocar os dois bebês quando você já estiver muito cansada. Forre com um pano bem limpo em cima de uma superfície macia e passe o dia ali se você estiver sozinha e muito cansada. Quando todo mundo resolver chorar ao mesmo tempo você pode sempre deitar com os dois e acalmá-los sem ter que pegar no colo. Eu usava muito essa estratégia quando ficava com os dois para a mãe ir dormir. Inclusive, usava também o travesseiro de amamentação nesse pano no chão para colocá-los deitados depois de mamar para eu ter tempo de colocar um para arrotar primeiro e o outro enquanto esperava sua vez não ficava deitado na horizontal.
8) Se você tem uma casa com dois pavimentos, considere montar uma estação de troca de fralda em cada andar.

Você poderá gostar: rituais de sono que ajudam na hora de dormir

9) Deite onde puder quando os dois dormirem. Você vai dizer que não pode, que isso é utopia, afinal todo mundo fala isso mas ninguém consegue. Reflita, você precisa eleger as prioridades. O que é mais importante, fazer o jantar ou descansar de tarde já que você vai passar a noite amamentando dois bebês? O jantar é sim muito importante até porque você precisa se alimentar bem para amamentar duas crianças. Mas se o dia foi muito difícil e você está mais cansada, escolha comer uma fruta, um sanduíche de peito de peru e um suco natural que é mais rápido de fazer e ainda nutritivo do que ficar na cozinha temperando a carne, cortando os legumes e depois lavando toda a louça. Dormir nesse caso é uma escolha pela sobrevivência.
10) Considere a opção de fazer um processo de educar o sono dos dois. OK, OK, sei que várias mamães tem pavor de pensar em deixar seus bebês chorarem, mas veja, você ainda pode escolher um processo mais demorado se optar por uma abordagem mais gentil. E se mesmo assim você não gostar da ideia, trabalhe todo dia um pouco para colocar eles na cama mais acordados do que dormindo. Faça isso só à noite primeiro. E tente todo dia um pouco. O dia que não der, esqueça, tente amanhã. Vai ser mais demorado do que um processo de educar o sono mas ainda pode valer a pena.
Se vocês mamães ajudarem seus bebês a ter um sono mais independente vão ter mais tempo para curtir os bebês em dose dupla!

Você já conhece o Canal Macetes de Mãe no Youtube? Ou já segue o Macetes de Mãe no Instagram? Não perca as nossas dicas nessas redes sociais também.